100 anos Boa nova em novos tempos.

Festa da Misericórdia espera público de quase 20 mil pessoas

Festa da Misericórdia espera público de quase 20 mil pessoas

Programação começa às 8h30min e contará com duas celebrações eucarísticas: às 10h será a missa pelos doentes com unção dos enfermos e às 18h haverá missa de encerramento. Tema será “Misericordiosos como o Pai” em virtude do Ano Santo da Misericórdia

No Ano Santo da Misericórdia, a Festa da Divina Misericórdia, em sua 10ª edição em Fortaleza, promete reunir cerca de 20 mil fieis no próximo domingo, 3 de abril, no Ginásio Paulo Sarasate (R. Ildefonso Albano, 2050 – Dionísio Torres). Uma das novidades deste ano é que a programação será estendida durante o dia inteiro. A celebração é realizada tradicionalmente no segundo domingo de Páscoa. A organização é da Comunidade Católica Shalom.

A programação começa às 8h30min com louvor. Haverá às 9h um momento mariano com Nossa Senhora Mãe da Misericórdia, ícone venerano na Polônia. A primeira missa do dia será realizada às 10h com unção dos enfermos. É a primeira vez que a unção é ministrada durante a Festa. Já há quase 300 pessoas inscritas para receber o sacramento da unção

À tarde, a programação segue às 15h com o terço da misericórdia. Haverá em seguida shows com Naldo José e João Hermes Furtado. A Santa Missa de encerramento às 18h contará com musical de Paulo José, além de orquestra e coral. Teremos ainda confissão.

Ano Santo da Misericórdia dará o tema da Festa: “Misericordiosos como o Pai.” O sacerdote da Comunidade Católica Shalom, Padre Antonio Furtado, é um dos organizadores da Festa. Ele ressaltou que estamos em unidade com toda a Igreja. “O tema ‘Misericordiosos como o Pai’ nos leva a ter essa mesma atitude de misericórdia com os outros como o Pai é misericordioso conosco.”

Padre Antonio disse ainda que a devoção à misericórdia está profundamente ligada à prática do amor ao próximo. “Somos chamados a ser misericordiosos como o Pai”, ressaltou. Jesus falou a Santa Faustina sobre os aspectos da misericórdia, o terço, a imagem, a festa, a novena, a hora da misericórdia, os elementos da devoção. Mas também falou sobre a importância das obras de misericórdia; a importância da vivência das 14 obras: sete corporais e sete espirituais.

 

  • Festa da Misericórdia

 São João Paulo II, então papa, instituiu em 2000 a Festa da Misericórdia. A segunda carta do Santo a todos os católicos foi “Dives in Misericordia” no dia 30 de Novembro de 1980. “A encíclica foi dirigida aos católicos do mundo inteiro sobre a importância da misericórdia divina.”

Nas revelações de Jesus a Santa Faustina, dentro dessa espiritualidade da misericórdia, o Senhor propôs alguns atos de devoção: recitação do terço da misericórdia, hora da misericórdia (15h – hora em que Ele morreu na cruz), quadro da Divina Misericórdia (pintura que mostra Jesus com atitude de bênção e do seu peito jorra sangue e água), novena em preparação para a Festa começando na Sexta-Feira

 

  • Serviço

Festa da Misericórdia

Quando: Domingo (3 de abril)

Onde: Ginásio Paulo Sarasate (R. Ildefonso Albano, 2050 – Dionísio Torres)

Atrações: Naldo José, João Hermes Furtado e Missa com Paulo José

Entrada Gratuita

Fotos e Vídeos